“Caminho do Meneses” é tema da 9ª Jornada Patrimônio Cultural em Belmiro Braga

A Escola Municipal Antônio Magalhães Alves, em Porto das Flores recebeu, na última segunda-feira (18), a atividade belmirense inserida na 9ª Jornada do Patrimônio Cultural.

Na atividade, os participantes puderam conhecer a rica história do Caminho do Meneses, com explicações do escritor e pesquisador Rodrigo Magalhães e do arquiteto e pesquisador Anníbal Magalhães.

Numa das grandes revelações da noite, o palestrante Rodrigo Magalhães apresentou o documento assinado por Rodrigo Meneses, governador da Província de Minas à época, indicando como responsáveis pela construção do “Caminho do Meneses”, o coronel Manuel do Vale Amado e o comandante da Patrulha do Caminho Novo, Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes. É a comprovação de que o nome do alferes inconfidente tem fortes ligações com as raízes históricas e culturais do município de Belmiro Braga.

Organizada pela Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult/MG), por meio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha/MG), a 9ª Jornada do Patrimônio Cultural visa valorizar e preservar o patrimônio histórico dos municípios, garantindo o intercâmbio de conhecimentos e ações educativas de valorização e difusão dos bens culturais de Minas Gerais.

Pular para o conteúdo