Prefeitura Municipal de Belmiro Braga - MG

Jornada Cultural em Belmiro Braga teve como tema o resgate da araruta

A araruta foi escolhida pela Secretaria de Cultura de Belmiro Braga como tema local para a 7ª Jornada do Patrimônio Cultural. No passado amplamente cultivada na região, a planta se destaca pela polivalência, servindo como matéria-prima para o polvilho utilizado na fabricação de biscoitos, pães e vários outros quitutes. A iniciativa contou com a parceria do escritório local da Emater.

Em sintonia com o tema da Jornada Cultural deste ano – “Culinária e Patrimônio” – o trabalho em Belmiro Braga foi direcionado para o resgate da araruta. Os estudos incluíram a história da planta, a chegada à região, o cultivo e a transformação efetivada pelas famílias por meio das receitas que ajudaram a formar a identidade gastronômica e cultural da comunidade local.

A culminância do projeto ocorreu no dia 31 de agosto, Salão Paroquial, com abertura realizada pelo secretário de Cultura Antônio João Peixoto. Em seguida aconteceu a palestra do professor Yuri Feliciano, com o tema “Araruta: o resgate de um ingrediente”.

No outro momento, Cândido, da Emater, e o produtor rural José Geraldo mostraram as etapas de produção do polvilho de araruta. O encontro foi finalizado com um café, incluindo a demonstração de uma receita de araruta e degustação da brevidade produzida por Vítor Costa.

Font Resize